Livros

+

PROGRAMA

26 a 28
jul/2019
14 a 16
fev/2020

AUTORA MARUSA HELENNA DA GRAÇA

Mais de 40 anos contemplam a vasta experiência do trabalho clínico e docente da autora. Psicóloga, mestre e especialista em Terapia Familiar Sistêmica, diplomou-se pela Hellinger Sciencia®, México, após inúmeros treinamentos com Bert Hellinger, autor das Constelações Familiares. Neste período trabalhou como docente em Universidades na Graduação e Pós-graduação de Psicologia. Fundou e coordenou a Pós-Graduação/Especialização em Psicologia na área da Terapia Familiar Sistêmica. Atualmente como fundadora do Instituto Marusa, instituição de ensino presencial e a distância, ministra a formação de Constelações Familiares. Seu primeiro livro, Constelações familiares com bonecos e os elos de amor que vinculam aos ancestrais, é utilizado como bibliografia básica em diversos cursos de formação de consteladores.

 

Contato: marusa@marusa.com.br

Lattes: http://lattes.cnpq.br/3638064316846750

Dinâmicas Sistêmicas das heranças de destinos - Entrelaços de família

A obra versa sobre as principais dinâmicas familiares ligadas aos emaranhamentos com a ancestralidade. Aporta uma análise sob a ótica da visão sistêmica nos aspectos da multigeracionalidade, inúmeras gerações unidas que formam entre si uma comunidade de destino.

Composta por 4 capítulos, inicialmente a obra nos conduz a uma reflexão sobre os campos de pertencimento do indivíduo à sua comunidade de destino. Prossegue sua proposta explorando a compreensão sobre a constituição e manutenção dos principais vínculos que formatam o indivíduo em sua família de origem, vínculos que configuram um padrão relacional que abrangerá toda a sua existência. As interações com o Pai, Mãe e irmãos em seus significantes desde o período gestacional são abordadas. Uma abordagem que contempla diferentes dinâmicas relacionais que se apresentam como sintomas na fase adulta e na juventude. São dinâmicas relacionais humanas subjetivas e inconscientes ressaltadas de forma compreensiva em sua apreciação teórica.

Em sequência, a obra pontua práticas vivenciais dos sintomas experimentados em 32 casos apresentados. Histórias reais que levam ao entendimento das dinâmicas em seus emaranhamentos sistêmicos e que são acompanhadas da descrição da intervenção realizada com as constelações familiares.

O último capítulo considera as dinâmicas interacionais nas situações de perdas familiares e suas implicações nos sobreviventes, apontando os entrelaços entre os vivos e os mortos.

A análise do conteúdo exibido se baseia nos fenômenos apresentados na prática das Constelações Familiares sob a ótica de contribuições de autores da ciência contemporânea.

PORQUE COMPRAR​

Todos estamos emaranhados à nossas fidelidades familiares e conhecer e compreender as dinâmicas familiares que levam aos emaranhamentos nos ajuda na resolução de muitos conflitos e doenças. As informações aqui desenvolvidas são contributivas tanto para o profissional no seu trabalho com pessoas quanto para o individuo em si.

No âmbito pessoal as informações descritas conduzem diretamente a resoluções de conflitos próprios e ações mais conscientes nos seus processos evolutivos.

Pela primeira vez uma obra oferece o conhecimento experiente da psicologia atrelado as dinâmicas das múltiplas gerações. O trabalho apresentado prima a resolução substituindo a repetição inconsciente e fatídica do herdeiro. A obra une o conhecimento da Psicologia nas interações humanas, o saber das dinâmicas familiares numa visão que liga múltiplas gerações em um mesmo sistema evolutivo.

SUMÁRIO

INTRODUÇÃO, p. 13

Capítulo 1 CAMPOS ENTRELAÇADOS, p. 19

Campos entrelaçados da multigeracionalidade sistêmica, p. 19

Campos vibracionais de pertencimento, p. 28

Campos familiares da multigeracionalidade sistêmica, p. 30

De herdeiro a sujeito, p. 34

O ponto de mutação para os emaranhamentos sistêmicos, p. 36

A herança da vida: implicações da Comunidade de Destino, p. 44

Vínculos de pertencimento nas forças do amor, p. 53

A maldição da raiva vingativa, p. 54

Campos de forças dos relacionamentos humanos, p. 60

Capítulo 2 VÍNCULOS VITAIS: CONSTITUIÇÃO E PERDAS, p. 63

O casal conjugal e o casal parental: no início éramos dois, agora somos três, p. 63

Mamy, onde tudo começa: pactos de vida, p. 69

Quem sou eu? Pactos de vida, p. 75

Eu carrego a sua tristeza, p. 77

Cheguei, quem sou eu? O nascimento, um determinante do movimento na vida, p. 81

Meu movimento na vida: como nasci, p. 81

Nós conseguimos!, p. 83

Cheguei. Lindinho e pronto para receber mais!, p. 85

Sou o seu filho, meu tio morreu e eu vivo!, p. 88

A perda da mãe, p. 89

Se você vivesse eu teria crescido, p. 93

Pai: a presença imprescindível, p. 93

A perda do pai, p. 100

Eu fico com você, querida mamãe, p. 100

Por você, querida mamãe, p. 103

Igual você, querida mamãe, p. 106

A família do engano, p. 109

Os irmãos: posição familiar e suas respectivas funções, p. 110

Somos cinco, p. 111

Sobrevivendo às perdas de filhos e de irmãos, p. 120

Eu sou sua 14ª filha e posso compreender seu distanciamento, querida mamãe, p. 123

Mamãe, eu existo, p. 126

Capítulo 3 DESATANDO NÓS DOS LAÇOS FAMILIARES, p. 129

A família, nosso grupo de pertencimento, p. 131

Laços de família nos entrelaçamentos sistêmicos, p. 137

O que está acontecendo comigo?, p. 137

Entre laços de amor: dinâmicas de pertencimento, p. 138

Mesmo que me custe a vida, p. 142

Mesmo que me custe ser ninguém, querida mamãe!, p. 144

Mãe, a minha eterna falta, p. 149

Faço comigo como você faz, perco a mim para ter mais você em mim, p. 149

Você tirou a minha mãe de mim, p. 153

Somos seis!, p. 156

O amor da criança, um norte para a família, p. 158

Mamãe, por favor., eu vivo!, p. 159

Mamãe, eu preciso te salvar!, p. 160

Sistema conjugal e parentalidade, p. 163

Eu choro a sua dor, p. 164

Você é o nosso filho, p. 168

Eu sigo com os dois em mim, eu sigo comigo, p. 169

Como você, vovô!, p. 174

Parceiros anteriores: cada um em seu lugar, com respeito, p. 176

A maldição, p. 176

Fica comigo, mamãe, p. 179

Papai, você é o meu homem, p. 182

Fátria: a lealdade maior, p. 184

Não existo sem vocês, p. 186

Abortos, p. 187

Os segredos, p. 189

Eu amo a meu pai tanto quanto a você, p. 190

Relações de trocas, p. 191

Perdas, p. 192

Eu consegui!, p. 193

Processos mentais de identificação com a ancestralidade: uma dupla missão, p. 195

Eu sou melhor que você, mãe, p. 196

Capítulo 4 VOZES DE PERTENCIMENTO, p. 199

Os mortos não deixam de existir, p. 200

Entrelaços dos legados de perdas, p. 200

Agora você já pode partir, querido papai, p. 200

O impacto das mortes nas famílias, p. 201

Você sempre comigo, querido papai, p. 205

Legados das perdas, p. 208

Legados da perda: dinâmicas familiares, p. 209

Laços da eternidade, para além da morte, p. 218

Elos do amor além da morte, p. 222

CONSIDERAÇÕES FINAIS, p. 229

REFERÊNCIAS, p. 231

ÍNDICE ALFABÉTICO

A

  • Abortos, p. 187

  • Amor da criança, um norte para a família, p. 158

  • Amor. Elos do amor além da morte, p. 222

  • Ancestralidade. Processos mentais de identificação com a ancestralidade: uma dupla missão, p. 195

  • Avós. Como você, vovô!, p. 174

C

  • Campos de forças dos relacionamentos humanos, p. 60

  • Campos entrelaçados, p. 19

  • Campos entrelaçados da multigeracionalidade sistêmica, p. 19

  • Campos familiares da multigeracionalidade sistêmica, p. 30

  • Campos vibracionais de pertencimento, p. 28

  • Casal conjugal e o casal parental: no início éramos dois, agora somos três, p. 63

  • Comunidade de Destino. Herança da vida: implicações, p. 44

  • Conjugalidade. Casal conjugal e o casal parental: no início éramos dois, agora somos três, p. 63

  • Conjugalidade. Sistema conjugal e parentalidade, p. 163

  • Considerações finais, p. 229

  • Constituição. Vínculos vitais: constituição e perdas, p. 63

D

  • Desatando nós dos laços familiares, p. 129

  • Dinâmica familiar. Legados da perda: dinâmicas familiares, p. 209

  • Distanciamento. Eu sou sua 14ª filha e posso compreender seu distanciamento, querida mamãe, p. 123

  • Dor. Eu choro a sua dor, p. 164

E

  • Elos do amor além da morte, p. 222

  • Emaranhamentos sistêmicos. Ponto de mutação, p. 36

  • Engano. Família do engano, p. 109

  • Entre laços de amor: dinâmicas de pertencimento, p. 138

  • Entrelaçamento sistêmico. Laços de família, p. 137

  • Entrelaçamento. Campos entrelaçados, p. 19

  • Entrelaços dos legados de perdas, p. 200

  • Eternidade. Laços da eternidade, para além da morte, p. 218

  • Eu consegui!, p. 193

  • Existência. Não existo sem vocês, p. 186

F

  • Família do engano, p. 109

  • Família, nosso grupo de pertencimento, p. 131

  • Família. Amor da criança, um norte para a família, p. 158

  • Família. Campos familiares da multigeracionalidade sistêmica, p. 30

  • Família. Casal conjugal e o casal parental: no início éramos dois, agora somos três, p. 63

  • Família. Como você, vovô!, p. 174

  • Família. Eu sigo com os dois em mim, eu sigo comigo, p. 169

  • Família. Fátria: a lealdade maior, p. 184

  • Família. Impacto das mortes nas famílias, p. 201

  • Família. Irmãos: posição familiar e suas respectivas funções, p. 110

  • Família. Legados da perda: dinâmicas familiares, p. 209

  • Família. Somos cinco, p. 111

  • Família. Você é o nosso filho, p. 168

  • Fátria: a lealdade maior, p. 184

  • Fica comigo, mamãe, p. 179

  • Filho. Mãe, a minha eterna falta, p. 149

  • Filho. Mamãe, por favor., eu vivo!, p. 159

  • Filho. Você é o nosso filho, p. 168

  • Forças do amor. Vínculos de pertencimento nas forças do amor, p. 53

H

  • Herança da vida: implicações da Comunidade de Destino, p. 44

  • Herdeiro. De herdeiro a sujeito, p. 34

I

  • Igual você, querida mamãe, p. 106

  • Impacto das mortes nas famílias, p. 201

  • Introdução, p. 13

  • Irmãos: posição familiar e suas respectivas funções, p. 110

L

  • Laços da eternidade, para além da morte, p. 218

  • Laços de família nos entrelaçamentos sistêmicos, p. 137

  • Laços de família. Entre laços de amor: dinâmicas de pertencimento, p. 138

  • Laços de família. Faço comigo como você faz, perco a mim para ter mais você em mim, p. 149

  • Laços de família. Mãe, a minha eterna falta, p. 149

  • Laços de família. Mesmo que me custe a vida, p. 142

  • Laços de família. Mesmo que me custe ser ninguém, querida mamãe!, p. 144

  • Laços de família. O que está acontecendo comigo?, p. 137

  • Laços de família. Somos seis!, p. 156

  • Laços de família. Você tirou a minha mãe de mim, p. 153

  • Laços familiares. Desatando nós, p. 129

  • Lealdade. Fátria: a lealdade maior, p. 184

  • Legado. Entrelaços dos legados de perdas, p. 200

  • Legados da perda: dinâmicas familiares, p. 209

  • Legados das perdas, p. 208

  • Luto. Os mortos não deixam de existir, p. 200

M

  • Maldição, p. 176

  • Maldição da raiva vingativa, p. 54

  • Mamãe, eu existo, p. 126

  • Mamãe, eu preciso te salvar!, p. 160

  • Mamãe, por favor., eu vivo!, p. 159

  • Mamy, onde tudo começa: pactos de vida, p. 69

  • Maternidade. Eu fico com você, querida mamãe, p. 100

  • Maternidade. Eu sou melhor que você, mãe, p. 196

  • Maternidade. Eu sou sua 14ª filha e posso compreender seu distanciamento, querida mamãe, p. 123

  • Maternidade. Fica comigo, mamãe, p. 179

  • Maternidade. Igual você, querida mamãe, p. 106

  • Maternidade. Mãe, a minha eterna falta, p. 149

  • Maternidade. Mesmo que me custe ser ninguém, querida mamãe!, p. 144

  • Maternidade. Perda da mãe, p. 89

  • Maternidade. Por você, querida mamãe, p. 103

  • Maternidade. Você tirou a minha mãe de mim, p. 153

  • Meu movimento na vida: como nasci, p. 81

  • Morte. Elos do amor além da morte, p. 222

  • Morte. Impacto das mortes nas famílias, p. 201

  • Morte. Laços da eternidade, para além da morte, p. 218

  • Morte. Os mortos não deixam de existir, p. 200

  • Morte. Sou o seu filho, meu tio morreu e eu vivo!, p. 88

  • Movimento de vida. Cheguei, quem sou eu? O nascimento, um determinante do movimento na vida, p. 81

  • Movimento de vida. Como nasci, p. 81

  • Multigeracionalidade sistêmica. Campos entrelaçados, p. 19

  • Multigeracionalidade sistêmica. Campos familiares, p. 30

N

  • Nascimento. Cheguei, quem sou eu? O nascimento, um determinante do movimento na vida, p. 81

  • Nascimento. Cheguei. Lindinho e pronto para receber mais!, p. 85

  • Nascimento. Meu movimento na vida: como nasci, p. 81

  • Nascimento. Nós conseguimos!, p. 83

  • Nascimento. Sou o seu filho, meu tio morreu e eu vivo!, p. 88

P

  • Pacto de vida. Mamy, onde tudo começa, p. 69

  • Pactos de vida. Quem sou eu?, p. 75

  • Pai. Perda do pai, p. 100

  • Pai. Você sempre comigo, querido papai, p. 205

  • Pai: a presença imprescindível, p. 93

  • Papai, você é o meu homem, p. 182

  • Parceiros anteriores: cada um em seu lugar, com respeito, p. 176

  • Parentalidade. Casal conjugal e o casal parental: no início éramos dois, agora somos três, p. 63

  • Parentalidade. Sistema conjugal e parentalidade, p. 163

  • Paternidade. Agora você já pode partir, querido papai, p. 200

  • Paternidade. Papai, você é o meu homem, p. 182

  • Paternidade. Você sempre comigo, querido papai, p. 205

  • Perda da mãe, p. 89

  • Perda. Agora você já pode partir, querido papai, p. 200

  • Perda. Entrelaços dos legados de perdas, p. 200

  • Perda. Legados da perda: dinâmicas familiares, p. 209

  • Perda. Legados das perdas, p. 208

  • Perda. Se você vivesse eu teria crescido, p. 93

  • Perda. Vínculos vitais: constituição e perdas, p. 63

  • Perdas, p. 192

  • Perdas. Sobrevivendo às perdas de filhos e de irmãos, p. 120

  • Pertencimento. Campos vibracionais, p. 28

  • Pertencimento. Entre laços de amor: dinâmicas de pertencimento, p. 138

  • Pertencimento. Família, nosso grupo de pertencimento, p. 131

  • Pertencimento. Vínculos de pertencimento nas forças do amor, p. 53

  • Pertencimento. Vozes de pertencimento, p. 199

  • Ponto de mutação para os emaranhamentos sistêmicos, p. 36

  • Processos mentais de identificação com a ancestralidade: uma dupla missão, p. 195

R

  • Raiva. Maldição da raiva vingativa, p. 54

  • Referências, p. 231

  • Relacionamento. Campos de forças dos relacionamentos humanos, p. 60

  • Relacionamento. Eu fico com você, querida mamãe, p. 100

  • Relacionamento. Eu sou melhor que você, mãe, p. 196

  • Relacionamentos humanos. Campos de forças, p. 60

  • Relações de trocas, p. 191

  • Respeito. Parceiros anteriores: cada um em seu lugar, com respeito, p. 176

S

  • Segredos, p. 189

  • Sentimento. Eu amo a meu pai tanto quanto a você, p. 190

  • Sistema conjugal e parentalidade, p. 163

  • Sujeito. De herdeiro a sujeito, p. 34

T

  • Tristeza. Eu carrego a sua tristeza, p. 77

  • Troca. Relações de trocas, p. 191

V

  • Vida. Herança da vida: implicações da Comunidade de Destino, p. 44

  • Vida. Mamãe, por favor., eu vivo!, p. 159

  • Vida. Mesmo que me custe a vida, p. 142

  • Vida. Se você vivesse eu teria crescido, p. 93

  • Vida. Você tirou a minha mãe de mim, p. 153

  • Vínculos de pertencimento nas forças do amor, p. 53

  • Vínculos vitais: constituição e perdas, p. 63

  • Vingança. Maldição da raiva vingativa, p. 54

  • Vozes de pertencimento, p. 199

Constelações Familiares com Bonecos - e os elos de amor que vinculam aos ancestrais.

Como segredos e situações traumáticas circulam na família geração após geração criando padrões repetitivos de histórias vividas? Os membros atuais de uma família podem estar emaranhados aos seus ancestrais? De que forma?

No encontro da experiência psicoterapêutica e acadêmica da Psicóloga e Mestre Marusa Helena da Graça com a Ciência Universal dos Relacionamentos Humanos, estas e outras questões relativas às conexões sistêmicas dos vínculos de pertencimento são abordadas. Nesta conversa a autora traça paralelos entre as Ordens do Amor, das Constelações Familiares e suas afinidades com aportes da Psicologia Familiar Sistêmica e do Humanismo.

Discorrendo sobre a Multigeracionalidade e sua transmissão de informações sem sinais entre gerações, a autora confrontou-se com os fenômenos que transcendem a nossa compreensão material, ressaltando em seu embasamento contribuições de estudiosos da física, da biologia e da psicologia. Estudos que reflexionam sobre campos imateriais que presentificam o invisível, campos de informação formando redes atemporais acessados na não localidade.

A obra também oferece a transcrição de casos clínicos e suas respectivas dinâmicas de emaranhamentos vinculativos, todos embasados teoricamente nos aportes da Hellinger Sciencia®, a Ciência Universal dos Relacionamentos Humanos. Os casos clínicos descrevem a prática das Constelações Familiares com bonecos e suas soluções de harmonização para liberação.

Com uma proposta dinâmica de resoluções das questões relacionais sistêmicas de grupos familiares e empresariais, encontramos nesta obra reflexões norteadoras das Constelações Familiares e seus fenômenos.

  • Instagram
  • Facebook
  • Youtube
  • WhatsApp

Instituto Marusa | Rua Padre Anchieta, 1846 CJ 812 | CNPJ 22.188.606/0001-35